Polícia Federal faz perícia em chácara usada como ‘central de fraude’ do auxílio emergencial

 

Polícia faz perícia em chácara usada como ‘central de fraude’ do auxílio emergencial em Lençóis Paulista — Foto: Marco Previdello/TV TEM

A Polícia Federal fez perícia na chácara utilizada como “central de fraude”, em Lençóis Paulista (SP), onde nove pessoas foram presas suspeitas de aplicar golpes para sacar o auxílio emergencial.

De acordo com a polícia, os criminosos provavelmente escolheram o local para praticar o crime por ser uma região deserta. Moradores relataram que não perceberam a movimentação da quadrilha até esta semana, quando carros de luxo começaram a chamar atenção.

A polícia foi até a chácara depois de uma denúncia anônima e encontrou diversos computadores, nos quais os criminosos armazenavam dados de moradores, como CPF, RG e endereço, para criar perfis falsos na Caixa e sacar o auxílio emergencial de forma indevida.

Além dos nove suspeitos, o tenente da PM Thiago Zorzetto informou que a polícia continua as investigações porque acredita que mais pessoas participam do esquema, para sacar o dinheiro depois do golpe na internet.

“A gente acredita que tenha mais pessoas na quadrilha e, com esses nove que foram detidos, com as investigações, vai abrir um leque maior e haverá mais pessoas presas pelo tamanho da fraude, dos golpes e do equipamento que eles tinham no local”, explica o tenente.

Na propriedade, a polícia apreendeu quatro carros, uma moto, 19 cartões bancários, cerca de 300 chips de celulares, R$ 60 mil em dinheiro e vários cheques totalizando R$ 26 mil.

A polícia ainda informou que o grupo estava na chácara há 10 dias e que a maioria deles é da região de Araçatuba e Birigui, além dos integrantes de Lençóis Paulista.

Segundo a polícia, alguns dos envolvidos têm passagem por roubo, tráfico de drogas e estelionato. Agora, vão ser investigados por estelionato e formação de quadrilha.

Fonte: Portal G1