Pelotão especializado da Polícia Militar começa a atuar na região

 

Polícia Militar/divulgação

A Polícia Militar inicia nesta quarta-feira (5) as atividades operacionais do 13º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), sediado em Bauru (SP) e que vai atender uma região que conta com 76 cidades.

O Baep é uma unidade especializada criada para combater o crime de maneira mais ostensiva e para atuar de forma semelhante aos padrões do patrulhamento de Choque, mas na área do Comando de Policiamento do Interior 4 (CPI-4)

Para isso, o efetivo da unidade recebeu, por meio do próprio Comando de Policiamento de Choque (CPChq), cerca de um mês de treinamento padrão “Rota”. Foram aplicadas atividades de patrulhamento tático, gerenciamento de crises, negociação de reféns e busca e localização de artefatos explosivos.

E foi durante esse treinamento realizado em Bauru que aconteceu a “estreia antecipada” do 13º Baep, com seu efetivo sendo deslocado para participar do combate aos criminosos que atacaram agências bancárias em Botucatu entre a noite de quarta-feira (29) e madrugada de quinta-feira (30).

Segundo o coronel da Polícia Militar, Aleksander Lacerda, a ação imediata da PM foi possível porque havia equipes especiais da corporação realizando treinamento na região. Com isso, equipes se deslocaram rapidamente para vários pontos de Botucatu.

Segundo o coronel, o cerco promovido nas principais saídas da cidade surpreendeu os criminosos e possibilitou a apreensão de um vasto material que estava com os criminosos, especialmente armas, algumas delas só usadas em guerras, como uma metralhadora ponto 50.

“Tudo mudou a partir do cerco que fizemos. Eles [criminosos] foram surpreendidos por essa organização da PM. Eles não esperavam que a gente tivesse formado esse esquema de proteção para cercar a saída deles da cidade”, disse o coronel.

Estrutura

O 13º Baep foi instalado em imóvel próprio, na quadra 38 da Avenida Rodrigues Alves, na Vila Cardia, que será reformado com investimento de R$ 800 mil do governo do estado.

A equipe que inicia as atividades operacionais nesta quarta-feira é composta por 224 policiais e 33 viaturas. Além disso, ainda há grupamentos de Canil e Cavalaria, com 32 cães e 24 cavalos.

O Estado conta, atualmente, com 11 Baeps em funcionamento, sendo um no centro e outro na zona leste da capital paulista. Os demais estão sediados nas cidades de São Bernardo do Campo, Barueri, São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santos, Presidente Prudente e Piracicaba.

Fonte: Portal G1