Mulher que deu à luz gêmeos apanhou do ex em maternidade com bebê no colo em Avaré

Foto: Reprodução/TV TEM

O jovem de 24 anos que foi preso no domingo (29) depois de bater na ex-companheira dentro da maternidade, em Avaré (SP), agrediu a vítima, inclusive com cabeçadas, por causa de ciúmes, informou a Polícia Civil.

Há 15 dias, a vítima deu à luz gêmeos, filhos do agressor, de quem já tinha medida protetiva contra ele.

“Ele pegou o celular da mulher, ficou com ciúmes de uma publicação na internet e começou a ofender e ameaçá-la. Ela se levantou, eles entraram em luta corporal, mas ele a derrubou em uma poltrona do quarto do hospital e a agrediu fisicamente com cabeçadas no rosto”, afirma o delegado João Luiz de Almeida.

Ainda segundo a polícia, o agressor também segurou a mulher pelo pescoço e agrediu com puxões de cabelo e tapas, enquanto ela estava com um dos filhos no colo.

Uma enfermeira presenciou a cena, pediu que o agressor saísse do quarto e acionou a polícia. O homem foi encontrado em um ponto de ônibus instantes depois.

Ele não apresentou resistência e admitiu que trocou de roupa para dificultar a identificação, conforme a polícia. Ele negou o crime, mas foi preso.

O suspeito já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas. O caso foi registrado como violência doméstica, lesão corporal, ameaça e descumprimento de medida protetiva.

Fonte: Portal G1