Morador de rua morre após madrugada fria em Lençóis Paulista

Foto Polícia Militar

A forte massa de ar polar que trouxe frio para a região centro-sul do Brasil nesta semana pode ter causado uma morte na região. Durante a manhã desta quinta-feira (12), o SAMU constatou a morte de um morador de rua por volta de 7h40 em Lençóis Paulista (47 quilômetros de Bauru).

O corpo foi localizado sem sinais de violência no local onde o homem costumava dormir, no cruzamento das ruas 25 de Janeiro e Pedro Natálio Lorenzeti, no Centro. Segundo um dos técnicos de enfermagem do SAMU, moradores do local disseram que ele estava conversando normalmente por volta de 5h. A suspeita é que o frio tenha causado o óbito. O motivo da morte, no entanto, ainda será confirmado pela perícia.

Novo recorde

Um novo recorde de temperatura mínima para Bauru foi registrado durante o início da manhã desta quinta-feira (12). Segundo o Centro de Meteorologia de Bauru (IPMet) da Unesp, os termômetros chegaram a marcar 6,2ºC às 5h50, recorde para o ano no município. Ontem pela manhã, por volta de 7h15, a temperatura chegou a 6,8ºC, a manhã mais fria até então. O recorde anterior para 2018 havia sido registrado em maio, quando o município teve mínima de 7,2ºC.

A quinta-feira começou com poucas nuvens, baixas temperaturas e ventos fracos a moderados. A previsão é de que a temperatura mínima fique em torno de 9ºC e que a máxima não passe dos 22ºC hoje. Não há previsão de chuvas e a umidade relativa do ar deve ficar entre 30% a 40%. Na capital paulista, dados de uma das estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) do bairro de Capela do Socorro chegou a marcar 3,1ºC.

Fonte: Jcnet