Justiça eleitoral marca para 4 de julho eleição suplementar em Anhembi

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) marcou para o dia 4 de julho a realização de eleições suplementares para prefeito e vice-prefeito em nove cidades do interior de São Paulo. Entre os municípios está Anhembi, na região de Botucatu.

A data foi definida em sessão judiciária realizada de forma remota nesta terça-feira (11). A eleição estava marcada para o dia 11 de abril, mas teve que ser adiada por conta do agravamento da pandemia de coronavírus.

Anhembi precisa de novas eleições porque o prefeito reeleito para o 2º mandato, Miguel Machado (PSDB), não pôde assumir o cargo. Ele havia sido cassado por improbidade administrativa no ano passado.

Até a nova eleição, portanto, o presidente eleito da Câmara dos Vereadores, Lindeval Augusto Mota (PP), continua na cadeira do Executivo. O prefeito interino contraiu Covid-19 no mês passado e teve que ser internado. No último dia 7, a prefeitura informou que ele estava se recuperando da doença.

Fonte: Portal G1