Já idoso, tigre-de-bengala do Zoo de Bauru passa por exames

Tigre é atração do Zoo de Bauru

Zoo Bauru
Divulgação Zoo Bauru

O tigre-de-bengala (panthera tigris) do Zoológico de Bauru passou por procedimentos veterinários de rotina esta semana. Ele é um animal idoso, com cerca de 18 anos – alguns tigres mantidos sob cuidados humanos podem atingir até 20 anos, o que é raro, segundo a direção do zoo. O animal que vive em Bauru vem demonstrando alguns problemas nas articulações. Os exames constataram que ele apresenta, em virtude da idade avançada, problemas nos rins e estômago.

Segundo informa a página do Zoo Bauru no Facebook, a equipe veterinária do parque sedou o animal, que passou por exame clínico completo, incluindo radiografias, ultrassonografia e endoscopia. Os exames foram feitos em parceria com uma empresa e a endoscopista veterinária Marcela Botelho.

Ainda segundo o Zoo, o procedimento, que durou cerca de duas horas, correu muito bem, com o animal já voltando a se alimentar no mesmo dia.

A direção do zoo ressalta que o tigre tem atenção diária da equipe de tratadores e veterinários, recebendo medicações e alimentação adequada. “O Zoo Bauru trabalha incansavelmente para proporcionar bem-estar ao tigre e a todos os animais que vivem sob nossos cuidados”, informa a página do Zoo na rede social.

Eniléa Scatamburlo Rinaldi/Divulgação

Tigre aquático

Em matéria da repórter Tisa Moraes, publicada pelo JC em janeiro deste ano, sobre o Zoo de Bauru, ela relatou a rotina de vários animais, inclusive do tigre-de-bengala.

Pelo menos uma vez ao dia, os visitantes têm a oportunidade de ver o tigre-de-bengala mergulhando em seu tanque de água.

De acordo com a zootecnista Claudia Ladeira, principalmente no período mais quente do ano, o felino se refresca todos os dias, com mais frequência pela manhã.

O recinto em que o tigre vive hoje foi inaugurado em 2016 e possui cerca de 230 metros quadrados de área. Além do tanque e áreas de sombra, há uma cachoeira artificial no local.

Fonte: Jcnet