Evento em Pardinho vai discutir como o turismo pode contribuir para o desenvolvimento regional

Ação, promovida pelo Sebrae-SP, é voltada para representantes das cidades da região

Foto: Arquivo Acontece Botucatu

A região do Pólo Cuesta, formada por dez cidades, é conhecida pelas suas belezas naturais e formações rochosas, com grande potencial turístico. E justamente para discutir como o turismo pode contribuir para o desenvolvimento regional, o Sebrae-SP vai realizar um evento na segunda-feira, dia 3 de fevereiro, às 9h30, em Pardinho.

Podem participar gestores municipais, secretários e diretores de turismo, integrantes de conselhos municipais e empresários da região. As inscrições são gratuitas. O objetivo da ação é fortalecer o relacionamento para a realização de ações para desenvolver o turismo na região e intensificar as ações nos municípios para fortalecer os pequenos negócios impactados pelo turismo.

A palestra principal do evento será ministrada pelo especialista Luis Bramante, que falará sobre como o turismo pode atuar como vetor de desenvolvimento regional. De acordo com o gerente regional do Sebrae-SP Gilson Carbinatto, a ideia é juntar forças para traçar ações planejadas para o desenvolvimento da região.

Para isso, o Sebrae-SP pode estruturar um Projeto de Desenvolvimento Local (PDL) baseado na vocação regional e no fomento de desenvolvimento de negócios. “O programa é uma forma de unir todos os setores e agentes para promover o desenvolvimento local por meio de ações de políticas públicas, educação empreendedora e soluções setoriais”, destaca.

O consórcio turístico Pólo Cuesta é formado pelos municípios de Anhembi, Areiópolis, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pardinho, Pratânia e São Manuel. O evento tem o apoio do Instituto Jatobás e será realizado no Centro Cultural Max Feffer, localizado Rua Nicanor Teodoro Rosa, Pardinho – SP. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo link http://bit.ly/polocuesta