Empresas descobrem coronavírus em mais de 30 funcionários após testes em massa em Lençois Paulista

Testes feitos em multinacional de celulose e em frigorífico fizeram com que número de casos em Lençóis Paulista saltasse de 14 para 49

Um frigorífico e uma multinacional de celulosa, em Lençóis Paulista (SP), descobriram coronavírus em mais de 30 funcionários depois que realizaram testes em massa nos trabalhadores, segundo informou a prefeitura.

De acordo o Executivo, com os novos testes, o número de casos confirmados saltou de 14 para 49. A cidade já registra uma morte por complicações da doença. Além do salto no número de casos confirmados da doença, também cresceu – de 75 para 257 – a quantidade de casos negativados.

O processo de testagem em massa também afetou o balanço da Covid-19 de cidades vizinhas que têm trabalhadores, especialmente empregados na multinacional de celulose. É o caso de Pederneiras, que viu seus casos de Covid-19 pularem de dois para 11 depois que nove trabalhadores da cidade que atuam em Lençóis Paulista testaram positivo.
Segundo a prefeitura de Lençóis Paulista, o início do processo de testagem em massa, anunciada na semana passada, vai possibilitar um trabalho mais eficaz no combate à pandemia na cidade.

“Ao sabermos que um caso deu positivo, já isolamos essa pessoa e as pessoas com quem ela teve contanto. Por outro lado, se a pessoa deu negativo, ela já pode voltar ao trabalho e isso também é importante”, afirmou o médico Norberto Pompermayer , presidente do Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

Segundo a prefeitura, a prioridade do município será testar as pessoas que apresentam síndrome gripal leve, como as 664 que já estão em isolamento pela Vigilância Epidemiológica.
Deste total, 249 serão submetidos ao PCR e 132 ao teste rápido, por conta dos diferentes estágios dos sintomas. Os demais ainda não se enquadram nos critérios estabelecidos para a testagem.

Fonte: G1