Duratex: operações devem voltar à normalidade em até quatro dias

Empresa relata que causas do incêndio são avaliadas; prejuízo não foi divulgado

A Duratex informou, nesta terça (10), que as causas do incêndio que atingiram parte de seu parque industrial, na noite da última segunda-feira (9), em Agudos, ainda seguem sob avaliação. A empresa, contudo, já confirmou que suas operações devem retornar à normalidade em até 4 dias, conforme previsão.

A fábrica foi atingida por incêndio, por volta das 18h30, que teve início no silo de cavacos da unidade de painéis de madeira. Por volta das 21h15, o fogo já havia sido controlado pelo time de segurança da unidade com apoio de empresas locais e do Corpo de Bombeiros dos municípios de Agudos e Bauru. Não houve feridos.

Como forma de amenizar os impactos – o prejuízo ainda não foi divulgado -, a empresa realizará a reprogramação de paradas técnicas já agendadas para os próximos 45 dias. Essas paradas serão antecipadas para estes 4 dias como forma de compensar os efeitos do incêndio na produção.

“Não são esperados impactos nos prazos de atendimento aos clientes. Vale reforçar que a Duratex possui cobertura por apólice de seguro contra incêndio que será acionada caso necessário”, informou a empresa em nota.

Fonte: JCNet