Discussão de casal dentro veículo termina em acidente com morte em rodovia de Bauru

A Polícia Rodoviaria registrou na madrugada deste domingo, 06, um acidente fatal na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), a chamada Bauru-Jaú. Segundo publicou o site JCNET, uma discussão entre um casal teria ocasionado o acidente, que terminou na morte de uma mulher de 27 anos.

Um casal seguia em um Honda City, quando o veículo capotou, sendo que a vítima projetada para fora do carro. A mulher morreu no local.

O namorado da vítima, de 30 anos, que conduzia o veículo, teve ferimentos leves. Ele foi preso por homicídio culposo (quando não há intenção) com o agravante de estar sob influência de álcool.

Os nomes dos envolvidos foram preservados, porque o caso ainda está sob investigação policial. De acordo com o boletim de ocorrência (BO), o acidente ocorreu por volta de 1h50, no quilômetro 230 mais 300 metros, no sentido Bauru-Pederneiras.

No boletim da Polícia Civil, consta a versão contada pelo motoristas aos policiais rodoviários que atenderam o acidente. Ele disse que jantou com sua namorada em uma churrascaria de Bauru, local onde o casal teria tomado três garrafas de cerveja. Ao saírem do restaurante, por volta das 23h, eles teriam discutido e a mulher foi deixada em sua casa.

Segundo narra o boletim, a vítima teria desconfiado que seu companheiro estaria em uma boate, localizado na marginal da Bauru-Jaú. A mulher foi até o local, onde encontrou o namorado.

Ainda conforme a versão do condutor, eles teriam voltado a discutir ao entrarem no carro. O condutor alegou que, durante a briga, a mulher teria puxado o volante, o que o fez perder o controle de direção.

Consta no BO que o carro colidiu contra o canteiro central da pista. A Polícia Rodoviária informa que o automóvel chegou a capotar com a batida.

A vítima, que estaria sem cinto de segurança, ainda conforme o registro policial, acabou projetada para fora do carro e sofreu lesões graves na cabeça. Ela chegou a ser socorrida ainda na pista, mas não resistiu aos ferimentos e morreu instantes após o acidente.

A Polícia Científica foi acionada e o local passou por perícia técnica. A Polícia Civil vai apurar todas as circunstâncias do acidente.

O condutor passou por teste do etilômetro, o qual constatou 0,22 miligramas por litro de ar expelido dos pulmões. Ele foi conduzido ao Plantão Policial de Bauru e teve a voz de prisão em flagrante decretada por homicídio culposo na direção de veículo automotor sob a influência de álcool. Após ser ouvido, ele foi encaminhado para a Cadeia de Avaí.

Fonte: JCNET