Cadela morre após ter sido queimada com soda cáustica em São Manuel

Divulgação Facebook

Uma cadela da raça Lhasa Apso sofreu queimaduras por todo corpo e chegou a perder a visão após ser alvo de um ataque com soda cáustica no quintal da própria residência, no Jardim Ouro Verde, em São Manuel. O fato ocorreu na tarde de quinta-feira (23) e, nessa sexta-feira (24), no fim da tarde, ela não resistiu aos graves ferimentos. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O crime foi comunicado à delegacia de São Manuel nessa sexta. Segundo o registro policial, a moradora da casa saiu para trabalhar por volta das 13h30 e, ao retornar, por volta das 16h, encontrou a cadela de estimação “Bolinha” no portão, com queimaduras pelo corpo e na língua, além de marcas de sangue por todo o quintal.

O animal foi levado a uma clínica veterinária e, nessa sexta, passou por nova avaliação no Hospital Veterinário da Unesp de Botucatu. No fim da tarde, Bolinha não resistiu. A morte dela foi informada pela dona em sua página no Facebook. “E minha princesa foi morar com Deus. O sofrimento acabou minha vida, descanse em paz!”, traz a postagem.

“E até quando isso vai acontecer? A Bolinha é um dos milhares de cachorros que sofrem maus-tratos, morrem queimados ou espancados. Isso precisa parar! Temos que achar quem fez isso custe o que custar”. A Polícia Civil já iniciou as investigações para tentar descobrir o autor dos maus-tratos. Em caso de condenação, a pena prevista para este crime é de três meses a um ano de detenção, além de multa.

Fonte: Jcnet