Bombeiros trabalham há quase 24 horas para conter queimada na Estação Ecológica de Bauru

 

Foto: TV TEM/Reprodução

Equipes do Corpo de Bombeiros estão há quase 24 horas combatendo a queimada que atingiu a Estação Ecológica de Bauru (SP). As chamas por volta das 14h30 desta quarta-feira (16) e, no início da tarde desta quinta, o local ainda tinha focos de incêndio.

O local afetado fica nas proximidades do quilômetro 352 da Rodovia Cezário José de Castilho, conhecida como Bauru-Arealva, e é conhecido por preservar uma amostra da Mata Atlântica, a única em uma região devastada por conta da ocupação agropecuária.

Segundo o zootecnista Luiz Pires, que foi até o local para avaliar os danos, aproximadamente um terço da área, que tem 287 hectares, já tinha sido consumido pelas chamas no início da tarde desta quinta-feira (17).

Ainda de acordo com o zootecnista, nesta época do ano começa a reprodução das aves e como grande parte das copas das árvores foi afetada, o ciclo de reprodução será prejudicado.

Para controlar as chamas, bombeiros e brigadas de incêndio da região, além do helicóptero Água, trabalham no espaço. Uma equipe de Marília com 24 bombeiros também foi até o local no início da tarde para ajudar no combate.

Segundo um produtor rural vizinho à reserva, as chamas começaram depois que um transformador estourou na propriedade ao lado ainda na noite de terça-feira (15). No entanto, as causas ainda vão ser apuradas pela perícia técnica.