Bauru decreta estado de emergência no abastecimento de água

Região
Bauru decreta estado de emergência no abastecimento de água 13 novembro 2021
Foto: DAE divulgação

Nesta sexta-feira (12/11), o nível da lagoa de captação do Rio Batalha chegou a 1,95 metro, quando o ideal para o abastecimento é de 3,20 metros. O nível de hoje também é o menor do ano. Com a situação crítica, a Prefeitura decretou estado de emergência (confira o edital aqui).

Antes de publicar o decreto, em coletiva de imprensa, a Prefeita Suéllen Rosim, e o presidente do DAE, Marcos Saraiva, anunciaram a decisão, que flexibiliza algumas regras e funções, como, por exemplo, a possibilidade de realizar compras sem licitação. Também foi informado que serão adquiridos mais caminhões-pipa e que será feita a ligação de poços privados à rede para amenizar a situação nos bairros atendidos pelo Sistema Batalha/ETA.

Além disso, o DAE estuda captar água de locais como Rio Verde e Córrego Água Parada para auxiliar na demanda do abastecimento.

Enquanto isso, o rodízio mais rigoroso, que entrou em vigor na última quarta-feira, continua. Com ele, cerca de 35% da população bauruense tem, para cada 24 horas com água, três dias sem água.

Informações da 96 FM e JCnet

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO