Após um ano, Anhembi finalmente elegerá um Prefeito neste domingo, dia 03

Eleitores voltam às urnas neste domingo (3) porque o candidato que teve o maior número de votos em 2020 teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. Veja como vai funcionar

A cidade de Anhembi, no interior de São Paulo, terá eleições suplementares neste domingo (3). Os eleitores vão às urnas novamente para escolher os candidatos que vão ocupar os cargos de prefeito e vice-prefeito no município. (Confira abaixo a lista dos candidatos)

Anhembi vai ter eleições suplementares porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) impediu a posse do prefeito reeleito no ano passado para o 2º mandato, Miguel Machado (PSDB), porque ele havia sido cassado por improbidade administrativa.

Programação

Os eleitores devem ir às urnas a partir das 7h de domingo (3), e a votação termina às 17h, quando tem início a apuração dos resultados. O horário das 7h às 10h é preferencial para eleitores com 60 anos ou mais.

O eleitorado apto a votar nas eleições suplementares é aquele com domicílio eleitoral no respectivo município até o dia 3 de março. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), 5.884 eleitores estão aptos para ir às urnas em Anhembi.

O eleitor que não estiver no seu domicílio eleitoral no dia das eleições pode justificar, no mesmo dia e horário da votação, por meio do Justifica Brasil, funcionalidade disponível no aplicativo móvel e-Título, ou até 2 de dezembro pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou no cartório eleitoral mais próximo.

No momento da votação, é necessário apresentar um documento de identidade oficial com foto. O e-Título também é válido como documento desde que o eleitor tenha realizado o cadastramento biométrico.

Além disso, por causa da pandemia de coronavírus, deve ser observado o distanciamento social entre os moradores e é obrigatório o uso de máscara durante o tempo de permanência no local de votação.

A diplomação dos eleitos deverá ser realizada até o dia 8 de novembro.

Candidatos

Anhembi tem quatro candidatos na disputa para o cargo de prefeito:

Motinha (PP), Rafaela (MDB), Rodrigo Pomba (PSD) e Rogerião (Cidadania) disputam as eleições suplementares de Anhembi neste domingo — Foto: Reprodução/TRE
Motinha (PP), Rafaela (MDB), Rodrigo Pomba (PSD) e Rogerião (Cidadania) disputam as eleições suplementares de Anhembi neste domingo — Foto: Reprodução/TRE

Prefeito: Motinha (PP), 50 anos, divorciado, Ensino Superior completo, professor e vereador.
Vice-prefeito: Alex Lambari (PTB), 44 anos, solteiro, Ensino Fundamental completo, servidor público municipal.

Prefeita: Rafaela (MDB), 24 anos, casada, Ensino Superior completo, empresária.
Vice-prefeita: Priscila (MDB), 39 anos, solteira, Ensino Superior completo, pecuarista.

Prefeito: Rodrigo Pomba (PSD), 41 anos, solteiro, Ensino Superior completo, advogado.
Vice-prefeita: Bia Felix (PSD), 38 anos, solteira, Ensino Superior completo, professora.

Prefeito: Rogerião (Cidadania), 47 anos, solteiro, Ensino Fundamental completo, pecuarista.
Vice-prefeito: Fernando Violinha (Cidadania), 42 anos, Ensino Superior completo, engenheiro.

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os eleitores podem encontrar informações detalhadas sobre todos os candidatos à prefeitura de Anhembi, sobre as suas contas eleitorais e as dos partidos políticos.

Fonte: G1