Vereador Lelo Pagani também testa positivo para Covid-19

Na última semana a vereadora Erika da Liga do Bem foi diagnosticada com a doença após participar da sessão presencial

O vereador Lelo Pagani (PSDB) testou positivo para Covid-19. O resultado saiu nesta terça-feira, 09. Segundo informações, com exceção do vereador Abelardo, que teria ido a uma clínica particular, todos os outros vereadores prontamente realizaram o teste RT-PCR depois que a vereadora Erika da Liga do Bem (Republicanos) foi diagnosticada com a doença, na última quarta-feira, 03.

Ela havia participado presencialmente da última sessão legislativa e também de reuniões na sede da prefeitura, com o prefeito Mário Pardini e alguns de seus secretários, que também foram testados e ficaram em quarentena. Nesta segunda-feira, 09, a Sessão Ordinária da Câmara foi realizada de forma remota.

“O primeiro impacto é um susto, de você ter um resultado positivo. Eu tomei tanto cuidado nessa pandemia com máscara com álcool gel e aí a gente vê como essa doença é terrível. Uma gotícula que vai no seus olhos já faz um estrago. Eu imagino que seja o meu caso. Então eu avalio que as pessoas tem que realmente prestar atenção e tomar muito cuidado. Eu estou vivendo um momento super novo de reflexão, desde domingo, quando apareceram os primeiros sintomas, estou isolado. Estou me sentindo bem, com alguma dor nas costas leve, dor no fundo dos olhos, febre que chegou a 37,6. Agradeço todas as pessoas que estão me ligando mandando mensagem”, disse o vereador ao Acontece Botucatu.

Em nota a Câmara Municipal confirmou o caso. O documento diz que os parlamentares passam bem; confira.

A Câmara Municipal de Botucatu informa que, após o diagnóstico positivo para covid-19 da vereadora Érika da Liga do Bem (Republicanos) na última quarta-feira, 3 de março, vereadores e servidores que tiveram contato com a parlamentar se submeteram a teste RT-PCR preventivo. Exceto o vereador Lelo Pagani (PSDB), que apresentou resultado positivo, os outros testados tiveram resultado negativo para a doença.

Apesar do diagnóstico confirmado, ambos os vereadores passam bem e seguem exercendo seus mandatos de maneira remota, respeitando o tempo de isolamento social que a covid-19 exige.

Desde o início da pandemia, a Câmara de Botucatu tem adotado medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus, como uso de máscara, disponibilização de álcool em gel, suspensão de atendimento presencial, home office e realização virtual de sessões plenárias e reuniões de comissões. Durante a fase vermelha do Plano São Paulo as atividades presenciais seguem ainda mais restritas e limitadas à participação mínima de pessoas, exclusivamente quando indispensável.