Botucatu é a melhor cidade em Gestão Pública, diz pesquisa

 

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Veritá, em parceria com a Band Paulista, classificou o Município como a melhor cidade em Gestão Pública do Estado, dentre 43 selecionadas para a pesquisa. Concorreram diretamente com Botucatu 10 municípios com mais de 100 mil habitantes (Araçatuba, Assis, Bauru, Birigui, Catanduva, Jaú, Marília, Ourinhos, Presidente Prudente e São José do Rio Preto).

Ao todo, 36 quesitos foram avaliados, dentro de diversas pastas como educação, saúde, segurança pública, emprego e outros. Botucatu venceu em nove deles. O Ranking Consolidado, que mostra Botucatu à frente das demais cidades em nove quesitos, também aponta que o município não apareceu entre os piores, em outras categorias.

Para o diretor de Relações Institucionais do Instituto Veritá, Marcos Gonsales, o resultado fica ainda maior quando se nota cidades de grande porte com desempenhos menores do que Botucatu.

“Essa pesquisa tem o intuito de mostrar as boas ações realizadas pelos gestores municipais do Estado. Avalio o desempenho de Botucatu muito positivo, visto que se destacou frente a cidades maiores como Araçatuba, Presidente Prudente, Bauru e outras. O desempenho de Botucatu foi 80% maior do que a segunda colocada”, afirma Gonsales.

Cada cidade teve de 402 a 602 entrevistados entre os dias 20 de março e 10 de abril de 2017. O perfil dos cidadãos abordados pelos pesquisadores foi de pessoas residentes do município, a mais de um ano, e que possuíam idade igual ou superior a 16 anos.

Gestor mais bem avaliado

Mário Pardini também se sagrou o gestor mais bem avaliado dentre os municípios consultados, segundo a pesquisa do Instituto Veritá, junto a Band Paulista. De acordo com os resultados, a aprovação da população para o trabalho de Pardini é de 76,7%, julgando o desempenho do Chefe do Executivo como ótimo, bom ou regular.

7,9% não souberam ou não quiseram opinar. Na média, o Prefeito botucatuense teve a maior nota dentre os prefeitos avaliados.

A pesquisa também mediu a esperança da população para os quatro anos de mandato. 84,4% dos botucatuenses acreditam que Pardini fará um mandato positivo entre ótimo, bom e regular. 5,2% não souberam ou não quiseram opinar.

“Esses resultados nos enchem de alegria. Saber que os investimentos que fizemos na saúde, na segurança e em tantas outras áreas tem surtido efeito é muito gratificante. Dedico esse prêmio a toda população que nos ajuda e nos cobra a fazermos uma gestão transparente, digna e de muito trabalho. Sou grato a Deus, que nos dá o direcionamento necessário para gerir Botucatu”, finaliza Pardini.

Ações que colaboraram para a vitória

Algumas medidas da Prefeitura neste primeiro semestre estão diretamente relacionadas aos quesitos vencedores na pesquisa, promovida pelo Instituto Veritá.

Na limpeza pública, por exemplo, em que o Município venceu nos quesitos que envolvem varrição de ruas, capina e roçagem de canteiros, terrenos e áreas urbanas, os serviços continuaram a ser executados com excelência mesmo com a redução de contrato entre a Prefeitura e a empresa, que até o início do ano, era responsável pelos serviços. A medida garantiu generosa economia aos cofres públicos.

Na Segurança, a Prefeitura duplicou o efetivo da Guarda Civil Municipal, e retomou, em parceria com a Polícia Militar, com a “Atividade Delegada”. Com essa medida, houve um aumento médio de 30% nas ações da GCM e de 50% no número de prisões. As ações da PM colaboraram especialmente para a manutenção do sossego público e diminuição dos acidentes de trânsito, tráfico de drogas e prostituição na CECAP, bairro da Região Oeste do Município.

No setor da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu um pacote de medidas com o objetivo de agilizar e trazer maior eficiência ao atendimento à população, principalmente nos casos de urgência e emergência nos prontos-socorros municipais.

Entre as medidas, mais médicos especialistas nos Prontos-Socorros Adulto e Pediátrico e abertura de dois Postos de Saúde até às 22 horas, de segunda a sexta-feira, servindo de suporte para as unidades de urgência e emergência, recebendo os casos de menor gravidade, desafogando assim o atendimento.

Por fim, no tópico Pagamento do funcionalismo, a Prefeitura em acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu, assegurou um reajuste salarial que garante o ganho real de até 14% aos servidores que recebem os menores salários.

A categoria aceitou em assembleia a proposta de reajuste de 4%, índice que está acima do INPC acumulado nos 12 últimos meses, relativos ao dissídio, que foi de 3,98%. Os servidores com remuneração entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil terão reajuste de R$ 100,00 no vale-compra. Os que recebem de R$ 1.500,01 a R$ 2 mil terão acréscimo no vale de R$ 80,00. Servidores com remuneração entre R$ 2.000,01 e R$ 3 mil terão aumento no vale em R$ 40,00.