Rocam, RPM e Baep/Canil prendem dois homens por tráfico na Cohab 5

A Polícia Militar registrou na noite deste sábado, dia 17, um caso de tráfico de drogas na Cohab 5. A equipe Rocam estava em patrulhamento pelo Conjunto Habitacional Clemente Jorge Roncari, quando um indivíduo deixava uma residência com algo em suas mãos, depositando abaixo do banco de seu veículo.

O mesmo foi abordado, sendo que com ele foi localizado um eppendorf microtubo, com substância parecida com cocaína e dentro de seu veículo diversas notas de dinheiro em espécie espalhadas, totalizando R$687,00 em notas diversas, diz boletim.

Em breve diálogo, este informou que havia acabado de comprar o entorpecente no local, onde estava mais um homem também abordado. Com este os policiais acharam R$25,00 e duas porções embaladas de substância semelhante com maconha.

Diante dos fatos, no estado de flagrante de delito e também com a devida autorização do proprietário da residência, iniciou-se uma busca no local, sendo localizados inicialmente a quantia de 31 eppendorfs de substância análoga à cocaína e a quantia de R$ 281,00 em notas diversas.

Foi solicitado o apoio das viaturas da RPM e Baep Canil, que pelo local utilizou o cão de faro Colt. Foram localizadas mais substâncias entorpecentes, sendo a quantia de 86 porções embaladas análogas ao crack, 35 porções embaladas análoga à maconha e mais alguns eppendorfs de substância análoga à cocaína, totalizando 52 eppendorfs desta substância.

Realizada a contabilidade total dos ilícitos, somou-se em poder do indivíduo inicialmente abordado a quantia de R$ 687,00 em notas diversas e trocadas e um eppendorf microtubo de substância análoga a cocaína.

Em poder do segundo indiciado e em sua residência totalizaram a quantia de R$306,00 em notas diversas, 86 porções fracionadas de substância análoga ao crack, 51 eppendorfs microtubos de substância análoga à cocaína e 37 porções fracionadas de maconha.

Com apoio da viatura Baep Canil, as partes foram conduzidas até o plantão de polícia judiciária cívil, onde o delegado de plantão tomou ciência dos fatos, elaborando o bopc n° 743/2021, ficando os indiciados à disposição da justiça.