Polícia Rodoviária divulga números da Operação “Paixão de Cristo 2017” no Estado

Foto: Arquivo Acontece Botucatu

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU), cuja meta é a redução em 50% das mortes no trânsito até 2020, realizou entre 13 e 16 de abril de 2017, a Operação “Paixão de Cristo 2017”, nos mais de 22.000 km da malha rodoviária do Estado de São Paulo.

A essência do Policiamento Rodoviário está relacionada às atividades de segurança viária, cujas ações de fiscalização de trânsito são priorizadas quanto ao uso do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção, motociclistas, ultrapassagens proibidas, limites de velocidade e alcoolemia, entre outras, e como resultado desse trabalho, houve diminuição em todos os indicadores:

– 4,3% no número de acidentes com vítimas (em 2016 foram 279 acidentes em
relação aos 267 em 2017);

-23,9 no número de vítimas leves (em 2016 foram 393 em relação às
299 em 2017);

-18,6 no número de vítimas graves (em 2016 foram 86 em relação às 70 em 2017);
finalmente, quanto ao número absoluto de mortos, a redução foi ainda mais relevante, ou
seja,

-25% (em 2016 foram 24 em relação às 18 em 2017); -23,06% no número geral de vítimas
(em 2016 foram 503 em relação às 387 em 2017).

Entretanto, não há o que se comemorar, posto que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, estando presente, infelizmente, na maioria dos casos, a imprudência dos condutores e pedestres, tanto que, dentro de um universo superior a 21 mil veículos fiscalizados:

  • mais de 18 mil autuações foram lavradas pelas mais diversas infrações;
  • mais de 28 mil autuações pelas imagens dos radares (excesso de velocidade);
  • 246 veículos foram removidos aos pátios;
  • 778 CNH recolhidas;
  • 1301 CRLV recolhidos;
  • 3644 condutores foram submetidos ao teste do etilômetro (aumento de 1,73%), dos quais 413 autuados por dirigirem sob efeito de álcool ou de outras substâncias de efeitos análogos, e 13 pessoas foram presas em flagrante por dirigirem embriagadas.

No tocante aos aspectos criminais:

  • 41 pessoas foram presas em flagrante pelos mais diversos crimes;
  • 11 presos foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário;
  • foram retiradas de circulação mais de 4 toneladas de drogas ilícitas;
  • foram apreendidas 03 armas de fogo e;
  • 18 veículos foram recuperados e devolvidos aos seus proprietários.