Polícia Rodoviária apreende carreta com documentação falsificada e chassi adulterado

Na noite desta sexta-feira, 22, durante fiscalização de combate a ilícitos penais na Rodovia Castello Branco, foi abordado um conjunto de veículos (cavalo trator e semirreboque) e foi solicitado pelos policiais militares rodoviários do Tático Ostensivo Rodoviário-TOR a documentação dos veículos, condutor e da carga (farinha de rosca).

Ao realizarem uma vistoria nos veículos, os policiais perceberam algumas irregularidades na carreta (semireboque) e acabaram localizando o verdadeiro número do chassi oculto por massa.

Após efetuarem consultas, descobriram que a verdadeira placa do veículo era do município de Goiânia/GO e havia várias restrições para o veículo, entre elas “comunicação de venda”, “débitos”, “licenciamento”.

A placa que estava ostentando era de veículo de Guarulhos. Os policiais também verificaram nas consultas que o espelho do CRLV apresentado pelo caminhoneiro era inválido, ou seja, não existia.

O condutor alegou que adquiriu a carreta em Campinas, após procurar em sites de compra e venda de veículos, mas não se recorda o nome da pessoa com quem fez o negócio.

A ocorrência foi encaminhada ao plantão da Polícia Civil de Avaré para registro dos fatos quanto ao crime de Adulteração de sinal identificador de veículo automotor e Uso de documento falso.
O Semirreboque e CRLv foram apreendidos para posterior perícia.

O homem foi ouvido e liberado e a carga permaneceu a disposição da empresa para que fosse feito o transbordo.