Polícia prende suspeito de matar Mulher no Jardim Monte Mor em Botucatu

A Polícia Civil de Botucatu (SP) prendeu na manhã desta quarta-feira (9) um homem de 41 anos apontado como suspeito de ser o autor dos tiros que mataram a dona de um trailer de lanches no Jardim Monte Mor. O crime aconteceu no último dia 20 de outubro.

Segundo o delegado Lourenço Talamonte Neto, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Botucatu, após as investigações apontarem para o suspeito, uma operação foi montada com apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal para prender o homem, que possui antecedentes criminais por tráfico de drogas.

Ainda segundo as investigações, a motivação do crime teria sido uma ação de vingança, já que o suspeito e a vítima possuíam um histórico de desentendimentos anteriores.

Segundo o boletim de ocorrência, no dia do crime o suspeito chegou em uma moto e atirou contra Maria Romildes Conceição da Silva, de 40 anos, que estava sentada em frente ao trailer. Outras duas pessoas também ficaram feridas após serem atingidas pelos disparos.

Ainda segundo o registro, Maria chegou a ser socorrida após ser atingida por pelo menos três tiros, no abdômen, no quadril e no rosto. Ela foi levada para o pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

As outras duas pessoas atingidas foram um jovem de 22 anos, que comia no local e foi ferido na perna e no braço, e uma grávida, de 19 anos, que passeava com o cachorro na calçada onde fica o trailer e acabou atingida nas costas.

Os dois já se recuperaram e a jovem, que estava na 36ª semana de gestação, recebeu alta do hospital dois dias após ser atingida.

Pelo resultado do tiroteio, o suspeito vai responder por homicídio qualificado (motivo torpe e sem dar chance de defesa à vítima) e por duas tentativas de homicídio. O homem foi levado para a Cadeia de Itatinga, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: G1