Polícia Militar prende quadrilha de estelionatários que atuava em Botucatu e região

Polícia
Polícia Militar prende quadrilha de estelionatários que atuava em Botucatu e região 08 janeiro 2022

Equipes do Comando Força Patrulha prenderam os elementos durante as operações

A Polícia Militar registrou na noite desta sexta-feira, a prisão de 4 elementos por estelionato/associação Criminosa. Equipe do Comando Força Patrulha de Botucatu, mediante informações de que uma quadrilha oriunda do município de Americana estaria atuando na cidade de Botucatu.

Foram inicialmente constatadas 3 vítimas dos estelionatários em 05/01/22. Informações retransmitidas no grupo de WhatsApp Força de Segurança, que por volta das 16h40min desta sexta-feira, a mesma quadrilha estaria tentando fazer mais uma vítima no local dos fatos.

Foi iniciado o patrulhamento por volta 17h10 min e o veículo envolvido (Lifan Branco de placa FKS-3869) acusou projeto Radar pelo município de Anhembi. De imediato os policiais foram no encalço e organizaram o cerco.

Equipe de Força Tática (I-10034) de Piracicaba abordou o veículo pela Rodovia SP-304 logo na entrada do município, logo em seguida equipe do CFP de Piracicaba e posteriormente CFP de Botucatu encostaram no apoio. Foram abordados os dois indiciados que confessaram a prática do crime, indicando ainda mais dois envolvidos, um no município de Americana e outro no Município de Botucatu.

Equipe do CFP de Botucatu deslocou-se para o Município de Americana, onde mais um indiciado foi localizado. Enquanto isso, a Equipe do Oficial Delegada localizou o último procurado em Botucatu.

Indiciados, juntamente com todas as vítimas, foram conduzidas ao Plantão Policial, onde a autoridade de polícia tomou ciência dos fatos e mediante reconhecimento por parte das vítimas, autuou os homens em flagrante delito por tentativa de Estelionato e Associação Criminosa, permanecendo os 4 elementos à disposição da justiça. Foram apreendidas 5 máquinas de transação de cartão, 4 celulares e o veículo utilizado no crime.

Qual era o golpe?

Um ex-funcionário de uma revenda de purificadores de água, através da lista de clientes da empresa, direcionava a quadrilha para as casas de pessoas mais idosas (as vítimas) e que possuíam o purificador de água. Eles ofereciam o serviço de troca do filtro, mediante crachá de identificação de uma empresa.

Quando a pessoa tentava efetuar o pagamento, os infratores conseguiam visualizar a senha digitada e simulavam uma pane na máquina de cartão para alegar falta de sinal. Em seguida, se deslocavam para outro local com a finalidade de ‘conseguir algum sinal’ na máquina de passar o cartão.

Assim, eles realizavam a transação no valor de R$ 5 mil na máquina. Os estelionatários digitavam a senha da pessoa sem que ela percebesse e rapidamente deixavam o local.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento