Polícia prende dois suspeitos de envolvimento na explosão de bancos em Pardinho

 

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta segunda-feira, dia 06, dois homens suspeitos de envolvimento na explosão de bancos na cidade de Pardinho. O crime ocorreu após intensa ação dos bandidos na madrugada deste domingo, 05.

Segundo informações preliminares, os suspeitos foram detidos em Pardinho mesmo e estariam no Plantão Policial desta cidade. Os elementos foram encontrados em uma chácara entre a cidade de Pardinho e o bairro rural da Demétria em Botucatu.

Segundo apurado pelo Acontece Botucatu, a Polícia recebeu uma denúncia anonima sobre a localização dos elementos e a Força Tática da PM fez a abordagem. No local foram encontrados alguns objetos utilizados na ação criminosa com armas e toucas ninjas, além de dinheiro picado e queimado na explosão, indícios fortes do envolvimento.

Um outro elemento foi detido com um fuzil que teria sido utilizado nas explosões. Os elementos detidos são de Botucatu e Pardinho e possuem passagens por roubo.

“A Polícia Militar recebeu denúncias de uma chácara onde a quadrilha estaria reunida. Foi feito o levantamento e conseguimos identificar o local exato da chácara e no começo da noite a Força Tática entrou na chácara. Lá foram localizados roupa preta, touca ninja, dinheiro picado e queimado da explosão, tudo indicando que o local foi usado pela quadrilha. Com mais algumas informações a gente já tinha o suspeito, um dos suspeitos de ter participado, morador de Pardinho e Botucatu, com passagens por crimes de roubo. A Força Tática prosseguiu a madrugada toda levantando informações. Já no final da madrugada foi encontrado um fuzil utilizado, munições,  e esse suspeito foi detido e outra pessoa também foi detida suspeita de ter participado do crime”, disse ao Acontece Botucatu a Coronel Kátia, Comandante do 12 Batalhão de Polícia Militar.

As explosões contaram com 12 homens no total divididos em vários veículos. O Acontece acompanha o caso.

Relembre o caso

O fim de semana foi de prejuízo para os bancos na região de Botucatu. Após invasão ao Santander da Vila dos Lavradores, a Polícia Militar registrou na madrugada deste domingo, dia 05, duas explosões de caixas eletrônicos nos bancos Santander e Bradesco na cidade de Pardinho.

Segundo passou a Polícia Militar, doze homens encapuzados atuaram nessas explosões. Pelas imagens enviadas via Polícia Militar ao Acontece Botucatu, dá para notar a destruição dos locais. Os bandidos usaram dinamites na ação e no caminho da fuga deixaram cair um artefato. O GATE da Polícia Militar foi chamado para colher a emulsão da dinamite no local.

Foram disparados vários tiros contra a base da PM, sendo que dez disparos atingiram a parede lateral, dois o portão e outros dois a parede entre o portão e a garagem da base policial em Pardinho. Foram localizados diversos cartuchos dos calibres 556 e 380. Muitas cédulas de dinheiros estavam espalhadas nos locais por onde passaram os criminosos.

Segundo passou a PM, dois veículos fugiram pela estrada de terra que passa pela Demétria, em Botucatu, na saída para a Rodovia Gastão Dal Farra. Eles lançaram ao solo um material perfurante nos pneus, os chamados “miguelitos”.

Outros dois veículos fugiram pela Estrada Municipal que liga Pardinho à Rodovia Marechal Rondon. Nessa segunda rota de fuga os bandidos cortaram duas árvores que atravessaram toda a pista.

Foram relatados por populares a participação de diversos veículos, como Toyota Corola, GM Astra, GM Vectra, Hyundai Tucson, GM Captiva e Ford Edge. Mas até agora não foi possível determinar com precisão quais foram usados na ação criminosa.

Porém, dois veículos usados na ação criminosa foram encontrados pela Polícia abandonados pelo caminho, um Jeep Compass e um Renault Fluence, ambos levados para o Plantão da Polícia em Botucatu. Ninguém foi preso até o momento.

Os bancos também não revelaram a quantia que foi levada na ação criminosa. Lembrando que na tarde deste sábado, três indivíduos invadiram a agência do Banco Santander na Rua Tenente João Francisco, Vila dos Lavradores, em Botucatu. Na ação os bandidos entraram pelos fundos da agência, chegando até o cofre. Não foi revelada a quantia levada.

Um morador da cidade gravou um vídeo onde é possível ouvir os tiros e as explosões, assita: