Polícia Militar implanta o Programa Vizinhança Solidária (PVS) em Botucatu

O Programa Vizinhança Solidária (PVS) consiste em um conjunto de medidas destinadas a estimular os integrantes de determinada comunidade à mudança de comportamento diante de fatos ou condutas que possam facilitar ou impedir o cometimento de infrações penais na localidade onde vivem, trabalham ou estudam, conscientizando-os de sua importância e responsabilidade nos assuntos relacionados à segurança pessoal e coletiva, mobilizando-os a realizar ações de prevenção primária.

O Programa pode ser implantado em qualquer comunidade, independentemente das peculiaridades socioeconômicas que a caracterizam (bairro ou rua residencial, condominial, comercial, bancária, industrial, rural, etc.), sendo necessária, dentre outros fatores, a predisposição das pessoas que lá vivem/frequentam em realizar ações conjuntas e organizadas de prevenção primária naquela localidade.

Importante esclarecer à comunidade, quem são os profissionais de polícia e suas respectivas competências legais, contextualizando o papel da Polícia Militar nessa seara e que, embora a segurança pública seja dever do Estado, a responsabilidade de todos, ou seja, a eficiência e sucesso do programa dependem da participação e colaboração da comunidade, sobretudo no processo de formação de ideias e propostas para propiciar mecanismos voltados ao controle e/ou redução dos indicadores criminais, aumentando a sensação de segurança daquela comunidade.

A comunidade inserida no PVS é motivada a desenvolver o sentimento de pertencimento social, dissipando a indiferença com o próximo, incentivando-os a acionar a Polícia Militar, por meio do telefone “190”, sempre que notar a presença de pessoas em atitudes suspeitas em suas comunidades, pois a pessoa que convive naquele meio é a pessoa mais apropriada para relatar fatos com maior convicção sobre o suspeito.

As residências/comércios que participam do PVS são identificados por meio de uma placa de acrílico, ou material similar, refletindo a parceria entre a Polícia Militar e os participantes do programa, ressaltando que constitui uma ferramenta inibidora para que os autores de infrações sintam-se inibidos da prática da conduta delitiva, pois os próprios vizinhos o estarão observando, uma vez que a placa, que estará em local visível, consta os dizeres: “Área vigiada pela comunidade – comunicamos toda atitude suspeita imediatamente para a Polícia Militar”.

Aqueles que se interessarem em participar do Programa Vizinhança Solidária deverão entrar em contato com a 1ª Cia do Batalhão de Polícia Militar, no município de Botucatu, localizada na Av. Universitária, nº 3730, ou pelo Tel.: (14) 3882-5757.