Polícia Militar diz em nota que não há ameaça ou suspeita de ato criminoso em escolas de Botucatu

Arquivo Acontece Botucatu

A seguranças em escolas passou a ser uma preocupação. Em virtude dos últimos acontecimentos no estado de São Paulo, alguns comentários pelas redes sociais passaram a questionar a segurança em estabelecimentos de Botucatu e região.

A apreensão vem em virtude de dois casos: Ameaças sofridas pelo Sesi de Sorocaba e claro, o mais grave, a tragédia da escola Raul Brasil em Suzano, na última semana.

No início da noite desta segunda-feira, dia 19, a Comunicação Social do 12º Batalhão de Polícia Militar emitiu uma nota afirmando que não há em Botucatu qualquer ameaça, denúncia ou suspeita de algum ato criminoso.

A PM ainda reforçou que seus programas de patrulhamento estão sendo realizados diariamente nas imediações de escolas estaduais em Botucatu. Por fim, ressalta a importância da denúncia via 190. Confira a nota.

“A Polícia Militar informa à população de Botucatu e região que o policiamento nas imediações das escolas é atendido pelo Programa Ronda Escolar e recebe reforço das demais viaturas do Rádio patrulhamento, ROCAM (motos) e Força Tática.

Não há na cidade de Botucatu qualquer notícia, denúncia ou suspeita de qualquer ato (criminoso ou não) em estabelecimentos de ensino.

O serviço de Inteligência também está trabalhando para prontamente atuar na segurança de alunos e funcionários nas escolas que estão geograficamente inseridas na área territorial dos 13 municípios que é responsável.

O telefone 190 está disponível 24 horas para acionamento da Polícia Militar em caso de emergência e para receber qualquer denúncia”, diz a nota do 12º Batalhão de Polícia Militar