Polícia Militar de Botucatu prende integrantes de quadrilha de assaltantes que agia na região

Um dos suspeitos morreu durante troca de tiros com policiais em Piracicaba

A Polícia Militar de Botucatu prendeu cinco pessoas, suspeitas de integrarem uma quadrilha que cometeu vários assaltos na região de Botucatu nas últimas semanas. Segundo Boletim de Ocorrência, durante patrulhamento de rotina na Vila São Luís, os PMs Cabo Marçal e Soldado Castanho avistaram um veículo GM Monza, de cor vinho, que foi abordado.

O motorista demonstrou bastante nervosismo e durante o questionamento acabou confessando, juntamente com a esposa, que teria participado de vários roubos na cidade, em parceria com criminosos da cidade de Campinas, diz boletim de ocorrência.

Na residência do casal, os PMs localizaram em um cômodo, relógios, perfumes, televisores, aparelhos celulares, bolsas e outro objetos que estavam guardados e seriam retirados pelos indivíduos de Campinas e eram provenientes de crimes, conforme afirmou a mulher do suspeito.

O suspeito, de 31 anos, informou aos policias que o restante da quadrilha estava em uma casa alugada no distrito de Vitoriana. Com apoio de mais policiais, outros indivíduos foram detidos e mais produtos de roubo recuperados, entre eles um veículo Toyota Corolla, um quadriciclo, um motor de barco e uma carreta. Parte dos objetos estavam em uma outra casa, no bairro Alvorada da Barra, também em Botucatu.

Foi apreendida mala de viagem com diversos objetos de roubos: perfumes, relógios, aparelhos celulares e duas armas de fogo, uma pistola calibre 380 modelo 938 com numeração e uma pistola com numeração suprimida, bem como quatro carregadores, dois carregadores de calibre 380 contendo 10 cartuchos intactos e dois carregadores de calibre .40 com 39 cartuchos intactos.

Um outro suspeito foi identificado, sendo morador do bairro Cachoeirinha 2. Na casa dele foram localizadas duas espingardas calibre 12 que também são produto de roubo, relata boletim de ocorrência.

Um sexto integrante da quadrilha conseguiu fugir em um veículo GM Montana, mas ao ser abordado pela PM, chegando na cidade de Piracicaba, segundo o BO, disparou tiros contra os policias, que reagiram. Jeferson Mauri da Silva, de 33 anos, que era morador de Campinas, não resistiu e morreu no local.

Os 5 suspeitos foram presos em flagrante, com prisão preventiva e ficaram à disposição da Justiça.