Polícia investiga caso de menina atingida por van no Maria Luíza

 

Foto: Reprodução/TV TEM

Uma menina que sofreu um acidente com uma van escolar em Botucatu (SP) na quinta-feira (2), precisou passar por cirurgia após fraturar a bacia e continua em observação do Hospital das Clínicas da Unesp. Em entrevista à TV TEM, o motorista do veículo afirma que a criança, que tem 5 anos, soltou o cinto de segurança e abriu a porta do carro em movimento.

O acidente aconteceu no bairro Maria Luíza, em Botucatu. A princípio a menina teria sido atropelada pela van, mas o motorista relata que a criança estava sentada no banco de trás e usava cinto. No entanto, ela teria colocado a mão pela janela aberta e liberado a trava de proteção da porta, que fica ao lado de fora.

Assim que motorista arrancou, a porta, que é de correr, teria arremessado a criança para fora do veículo. “Ela não estava com o cinto, porque se estivesse não tinha caído”, explica Ademir de Oliveira Campos.

Foto: Reprodução/TV TEM

Já Edna Maria Alves Rosa, que mora no bairro, testemunhou o acidente e confirma que viu o motorista travando a porta da van. “Eu peguei minha neta e coloquei para dentro. Estava conversando quando vi que o motorista fechou a porta e só tinha a menininha dentro. Quando ele saiu já escutei um grito e ele parou de novo. Ele ficou desesperado, a gente não sabe como aconteceu. Eu acho que foi uma fatalidade”, diz a dona de casa.

Os pais da menina e o motorista da van procuraram a polícia para abrir um boletim de ocorrência. Segundo a Polícia Civil, a família tem até seis meses para se manifestar, caso queiram dar prosseguimento ao caso. Se isso não acontecer, o processo é arquivado. De qualquer forma, a Polícia Civil periciou o veículo para manter o registro das provas.

A prefeitura confirma que o motorista está com o alvará para funcionamento do transporte escolar em dia. Já a Polícia Militar informou que está tomando conhecimento sobre o caso para verificar a regularidade e se o veículo apresenta os itens de segurança.

Fonte: Tv Tem/G1