Polícia identifica homem que destruiu paisagismo na Rua Amando de Barros

Polícia Civil e Guarda Municipal conseguiram identificar um homem que destruiu na última terça-feira, 01, um coqueiro que faz parte do paisagismo da rua Amando de Barros. O fato ocorreu na frente de uma farmácia, no centro de Botucatu.

De posse das imagens, as Forças de Segurança chegaram ao homem de nome de Rafael. Trata-se do mesmo homem que da mesma forma destruiu bancos e paisagismo no mesmo local em 2019.

A Polícia chegou até o elemento após comprar as ações desta semana com as do ano passado, encontrando semelhanças entre elas.

Segundo boletim da Polícia Civil enviado ao Acontece Botucatu, o homem foi abordado e confirmou os atos, “se reconhecendo” nas imagens.

Ele não foi detido, pois não houve flagrante, mas ele responderá por danos, artigo 163 do Código Penal e artigo 49 da lei 9605, por destruir plantas e ornamentação de logradouro público.