Polícia encontra munições e droga em rancho de autor de homicídio

No começo da tarde desta quinta-feira, 23, a polícia militar de Botucatu efetuou buscas em um racho no Bairro da Mina, pertencente a Marcos Claudio do Amaral, homem que confessou homicídio em Botucatu.

Escondidos em um buraco na parede, os policiais localizaram entorpecentes, munições de mesmo calibre usado no crime, simulacros e outros objetos.

Marcos confessou ter matado com um tiro, Paulo César dos Santos. O crime aconteceu na Rua José Arnaldo Pires, Jardim Bandeirantes, setor Leste da cidade, próximo ao Ginásio Municipal.

No local, a vítima foi encontrada com ferimento a bala na região do pescoço. O autor do disparo confessou o crime e se entregou às autoridades policiais.

No Plantão da Polícia Civil, o Acontece Botucatu apurou que Marcos Cláudio do Amaral (45), autor dos disparos que resultaram no assassinato, teria discutido com a vítima por problemas de vizinhança e ocupação de um imóvel no local do crime. A Polícia Militar encontrou horas depois a arma utilizada no crime, que o autor disse ter jogado na Serra da Bocaina.

O autor, relatou aos policiais na garagem do Plantão que discutiu com a vítima ainda pela madrugada. Logo depois ele foi recolhido para a cela do Plantão Policial. O assassinato ocorreu por volta das 7h30 da manhã.

Uma equipe da Polícia Científica esteve no local para iniciar o trabalho de investigação, que será relatado em inquérito policial.