Polícia Civil de Itatinga prende indivíduos que sacavam o PIS com documentos falsos na região

Arquivo Acontece Botucatu

A Polícia Civil de Itatinga registrou nesta quinta-feira, dia 08, um caso de estelionato. Os policiais Glauco e Thiago receberam denúncia de que havia dois indivíduos suspeitos no interior da agência da Caixa Econômica Federal.

Assim, deslocaram-se até a agência, quando foram informados pelo gerente de que nos dias 5 e 6 de março, os mesmos rapazes haviam realizado saques de PIS em nome de terceiros, com documentos falsificados, sendo quatro saques no total, ou seja, um documento falso para cada saque.

Diante dessas informações, os policiais conduziram os indivíduos a uma sala privativa do banco, onde em breve inquirição, foram informados que eles estavam ali para realizar saque de PIS.

Eles forneceram os nomes de Bryan Costa e Guilherme Macedo Torres, sendo que os documentos por eles apresentados eram idênticos a originais, contendo itens de segurança e papel moeda. Indagados sobre os dados pessoais, caíram em contradição.

A partir daí o policial Thiago procedeu a buscas pessoais em ambos, encontrando em poder de Bryan uma carteira contendo outro documento de identidade, desta feita em nome de Luiz Ricardo Macedo Fernandes. Diante da descoberta, os homens confirmaram que estavam usando documentos falsos.

Bryan na verdade era Luiz Ricardo Macedo Fernandes e Guilherme se tratava de Wesley Leite De Sales. Assim, os dois foram conduzidos até a delegacia onde foram presos por Estelionato tentado, uso de documento falso e associação criminosa, uma vez que foi constatado durante as investigações que um terceiro indivíduo que conseguiu fugir fazia parte do grupo criminoso.

Durante as investigações também foi descoberto que os três praticaram o mesmo golpe em várias agências da Caixa Econômica Federal da região, como São Manuel, Avaré, Piraju e Botucatu. Os acusados passarão por audiência de custódia na Justiça Federal em Botucatu.