Polícia Civil de Botucatu prende homem que confessou abuso contra a neta adolescente

A Polícia Civil de Botucatu realizou nesta quarta-feira, dia 24, a prisão de um homem por estupro de vulnerável. O homem, de 61, procurou a Polícia para confessar o crime ocorrido em janeiro, tendo sua neta de 13 anos como vítima.

De acordo com depoimento, ele confessou ter consumado o crime quando a neta foi até sua residência pedir dinheiro. A equipe da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) cumpriu o mandado de prisão preventiva que foi expedido contra o homem pela prática do crime.

Atuaram na ocorrência os Delegados Dr. Nelson Burin Neto e Dra. Luciana M. O. Souza, o Investigador Jefferson Luís Coelho e a Escrivã Carmelita Terra Rodrigues.

O fato, ocorrido no distrito de Rubião Junior, chegou ao conhecimento da Delegacia Especializada na tarde de segunda-feira, dia 22. Foi lavrado o boletim de ocorrência e instaurado o inquérito policial.

Uma medida cautelar culminou na expedição do mandado de prisão do mesmo, que não teve a identidade revelada para preservação da vítima. O homem foi encaminhado à Cadeia Pública de Itatinga e posteriormente à unidade prisional de Iaras.

Segundo a Polícia Civil, esse não foi o primeiro crime cometido pelo homem detido. No passado ele foi condenado após ter abusado da própria filha, quando a mesma tinha 10 anos.