Polícia Civil de Botucatu abre dez inquéritos contra contaminados que não respeitaram a quarentena

A Polícia Civil de Botucatu abriu nesta semana 10 inquéritos policiais para investigar pessoas contaminadas com o coronavírus que não respeitaram a quarentena. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo Prefeito de Botucatu, Mário Pardini.

“Em contato com o Delegado Seccional de Polícia Civil da Cidade, Dr. Lourenço Talamonte, fui informado da abertura de 10 inquéritos policiais para pessoas que descumpriram a quarentena em Botucatu”, postou na rede social.

O inquérito policial é um segundo passo após os boletins de ocorrência registrados pela Guarda Municipal contra essas pessoas. Essa fase serve para reunir provas de autoria e materialidade do crime, para depois ser encaminhando ao Ministério Público e Poder Judiciário.

As pessoas nessas condições que foram flagradas desrespeitando a quarentena, devem responder pelo artigo 268 do código penal (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa).

“Esses inquéritos atingirão ainda outros casos positivos de coronavírus que já foram flagrados fora de casa. Para vencermos essa pandemia o quanto antes, precisamos da responsabilidade e colaboração de todos”, disse Pardini.

Somente nos últimos dias mais 8 pessoas confirmadas com o novo coronavírus foram flagradas descumprindo a quarentena. Durante o último fim de semana, a GCM realizou diversas visitas para monitorar os casos positivos.

De imediato foram lavrados boletins de ocorrência na Polícia Civil, para que essas pessoas respondam criminalmente.

Os agentes de saúde de Botucatu e Guarda Municipal estão visitando as casas dos moradores diagnosticados ou com suspeita de Covid-19. As visitas são feitas de forma aleatória, de surpresa, para fiscalizar o isolamento social na cidade.