Polícia Ambiental prende homem com arma, aves silvestres, armadilhas e carne de tatu

Polícia Ambiental Na manhã desta segunda-feira, 17, a Polícia Militar Ambiental deteve um homem de 63 anos pelo Bairro Pau Cavalo, em Conchas, na posse de uma espingarda calibre 32 com munições.

Ele também possuía na residência duas armadilhas para a caça de tatu. Uma das armadilhas ainda com marcas de sangue e com 2,8 kg de carne deste animal armazenados na geladeira.

Na residência foram localizadas também 14 aves silvestres, sendo que 10 delas possuiam anilhas serradas e coladas. As outras quatro não possuíam anilha.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Conchas, onde o individuo ficou preso e responderá pelos seguintes crimes:

-posse ilegal de arma de fogo

-armazenamento de carne de animal silvestre

-possuir em cativeiro animal silvestre sem autorização

-falsificação de selo público

A Polícia Militar Ambiental ainda arbitrou uma multa no valor de R$ 16.500,00.