Pit bull é morto a tiros após fugir de casa, matar galinhas, atacar moradores e outros cães

Um cão da raça pit bull foi morto a tiros por policiais militares depois de fugir de casa, avançar em moradores e matar nove galinhas nesta sexta-feira (16), em Guaimbê (SP).

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para conter um animal agressivo pela rua. O cão teria tentado atacar uma mulher que segurava uma criança no colo.

Sem conseguir atacar a mulher, o animal atacou outros cães, avançou em moradores e matou galinhas que estavam no quintal, conforme a polícia.

A PM informou que utilizou bala de borracha para tentar conter o pit bull, mas o cão fugiu. Por isso, os policiais atiraram no cachorro com arma de fogo.

O animal chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Outros três cães ficaram feridos, além das nove galinhas mortas.

A polícia disse ainda que o dono do animal relatou que o pit bull escapou quando profissionais entraram para fazer a instalação de câmeras de segurança na casa.

Fonte: Portal G1