Pesca ilegal: Polícia Ambiental de Botucatu apreende peixes de várias espécies e beneficiamento irregular de pescado

Na madrugada desta segunda-feira, 17, a Polícia Militar Ambiental desenvolveu uma forte ação de combate a pesca ilegal na região. Foram fiscalizados pescadores dos Bairros Alvorada da Barra em Botucatu e Ponte do Piracicaba em Anhembi.

Nos locais foram localizados cerca de 100 quilos de pescado, que estavam sendo beneficiados, “filetados” e armazenados irregularmente, ou seja, sem a autorização dos órgãos competentes e não respeitando normas de higiene. O fato colocava em risco a saúde da população que iria consumir o pescado.

Foram localizados também peixes capturados fora das medidas mínimas, o que caracteriza o emprego de petrechos proibidos. Entre eles estavam redes com malhagem abaixo da regulamentada, impactando a renovação dos estoques pesqueiros da bacia do Tietê e seus tributantes.

Entre as espécies apreendidas estão mandi, cascudo, corvina e tilapia. As autuações somadas chegaram a mais de R$ 3.500,00 e os responsáveis responderão, ainda, criminalmente por armazenar pescado oriundo de pesca proibida.

As ações de policiamento náutico e fiscalização de pesca irregular estão sendo realizadas normalmente pela Polícia Ambiental de Botucatu, mesmo fora do período da Piracema e no período de restrição de circulação imposto pela Pandemia.

Denúncias, maiores informações e orientações podem ser realizadas e obtidas pelo telefone 14 38826070.