Paraquedista morre após cair na Castelo Branco e ser atingido por carreta

Um paraquedista de 37 anos morreu na manhã deste domingo (18), ao cair no quilômetro 115 da Rodovia Castello Branco, em Boituva (SP). Ele foi atingido por uma carreta que passava pela rodovia.

De acordo com a Polícia Rodoviária, Diego Camargo Martins morava em São Paulo (SP), era contador e praticava o esporte com frequência, com mais de 130 saltos de experiência. O caminhão que atingiu o rapaz saiu do Paraná e ia para Bragança Paulista (SP).

Próximo ao local do acidente há o Centro de Paraquedismo de Boituva, conhecido em todo o Brasil pela prática do esporte. Ainda não se sabe porque o paraquedista foi em direção à rodovia. Um policial rodoviário afirmou que já viu outros paraquedistas pousarem próximo dali.

A polícia acredita que ele tenha sido atingido quando estava prestes a tocar o solo. O corpo da vítima ficou preso na frente da carreta. O motorista do veículo disse à TV TEM que o homem apareceu de repente na frente do caminhão e não tinha como desviar.

Ele disse também que na hora do impacto não sabia que se tratava de um ser humano. O motorista só entendeu o que tinha acontecido quando parou o caminhão, cerca de 200 metros depois, e viu o corpo do rapaz preso. A polícia procura a câmera que estava acoplada no capacete do paraquedista e que pode ajudar o que causou o acidente.

Fonte: Portal G1