Mulher morre fazendo rapel em cachoeira de Botucatu

Arquivo Acontece Botucatu

O Corpo de Bombeiros registrou neste domingo, 16, um acidente fatal em Botucatu, tendo como vítima Adriana Ortega Cozzani, 49 anos, que fazia rapel na cachoeira Canela 3. Segundo informações levantadas pelo Acontece Botucatu, a vítima é moradora de São Paulo.

Ela teria vindo com um grupo de Sorocaba e de acordo com testemunhas, estaria terminando a descida quando uma pedra teria se soltado do paredão e atingido sua cabeça. A Polícia Civil irá investigar as reais causas da morte.

Segundo os Bombeiros, ela usava os equipamentos de segurança. Uma enfermeira e mais dois amigos realizaram os primeiros atendimentos até a chegada da equipe do Resgate, 40 minutos depois do acidente. O local é de difícil acesso e o sinal de celular é quase nulo na área da cachoeira.

Duas equipes dos Bombeiros foram até o local, sendo que uma delas teve que percorrer a pé uma longa trilha para acessar a vítima. Os trabalhos para a retirada da vítima até a viatura foram compostos de várias técnicas de salvamento em altura e salvamento terrestre.

Infelizmente, apesar do esforço, a vítima morreu no local, uma cachoeira de 40 metros e que é uma área particular em Botucatu. Ainda de acordo com o que foi levantado pelo Acontece Botucatu, a visita na cachoeira de Botucatu foi organizada por um profissional de Sorocaba, com anúncios no Facebook inclusive.

O Acontece Botucatu acompanha.