Mulher é agredida por marido com pauladas na cabeça e no rosto em Rubião Junior

A Guarda Municipal registrou na quinta-feira, dia 12, um caso que inicialmente era de violência doméstica em Rubião Junior. Houve um chamado para o telefone 199 para que uma viatura fosse até Pronto Socorro Adulto, onde segundo informações, uma mulher, de 45 anos, estava pelo local toda machucada, com ferimentos graves na cabeça e no rosto.

Os ferimentos, segundo relatório da GCM, teriam sido causados pelo marido. Em contato com o filho da vítima, que estava de acompanhante, o mesmo relatou que seu pai discutiu com sua mãe no sítio onde moram, perto da CEAGESP, em Rubião Junior, quando veio a desferir pauladas na cabeça e na face da mulher.

Descreve boletim da Guarda, que após ver o que tinha feito, o homem socorreu a mulher até o PS, mas fugiu logo em seguida. Com o apoio do Comandante Destro, Subcomandante Pichinin, a equipe GPA esteve no local com os agentes Inspetor Carlos, GCM Lazarini, Inspetor Barcaça e GCM Pedro.

Os agendas da GCM conseguiram localizar o suspeito no sítio de seu irmão, no Bairro Faxinal. Ao ser indagado, confessou que agrediu a mulher com um pedaço de caibro por ciúmes.

O acusado também disse que o veículo usado para condução da vítima foi deixado na área Central da cidade, onde pegou um Disk Moto para ir até o sítio do irmão. Ele foi conduzido até a sua residência e lá indicou o local das agressões.

O acusado relatou ainda aos agentes que tinha uma espingarda adaptada para cartuchos calibre 22, com um cartucho deflagrado no cano. Diante dos fatos, o homem foi conduzido até a DDM. A vítima não teve seu nome revelado, bem como do acusado da agressão.

A Delegada Ana Paula tomou ciência dos fatos e ratificou a voz de prisão por tentativa de feminicídio e posse irregular de arma de fogo. O agressor foi recolhido à cadeia pública de Itatinga.

A vítima ficou aos cuidados médicos sem previsão de alta. A Polícia Científica compareceu no local e tomou as providências.