Mulher compra diversos produtos de loja, aplica golpe do Pix, mas é flagrada durante operação policial em Botucatu

Golpe do PIX em Botucatu fez um comerciante de vítima

Arquivo Acontece Botucatu

 

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Polícia Militar e Guarda Municipal realizaram nesta quinta-feira, dia 26, uma operação visando combater crimes envolvendo o chamado “golpe do PIX” em Botucatu.

Nessa modalidade um suposto cliente realiza diversas compras e como forma de pagamento escolhe PIX. O que parece ser conveniente se transforma em uma dor de cabeça para a vítima.

O problema é que apesar ser uma transferência imediata de dinheiro, é possível agendar o procedimento. Posteriormente a pessoa pode cancelar a operação e caso não tenha dinheiro na conta, a transferência é cancelada.

Desta maneira uma mulher do Bairro Jardim Bons Ares, em Botucatu, realizou várias compras on-line em uma loja na Amando de Barros. Ela simulava justamente o pagamento via PIX.

O lojista foi levado a erro e enviou os produtos para residência da compradora. Quando percebeu que se tratava de um golpe, a golpista já tinha sumido e bloqueado o comerciante no WhatsApp.

A vítima então registrou o boletim de ocorrência, narrando os fatos à autoridades policiais. Foi solicitado mandado de busca e apreensão à Justiça de Botucatu, que foi concedido.

As forças policiais encontraram na residência da suspeita vários dos itens da loja que caiu nesse golpe, ainda com etiquetas e notas fiscais. A mulher confessou os golpes, de acordo com boletim e os objetos foram apreendidos e devolvidos à vítima.