Motoristas se recusam a fazer teste de bafômetro durante operação em Botucatu

Abordagem em operação: “Direção Segura” esteve nas vias mais movimentadas de Botucatu

A Polícia Militar realizou na noite deste sábado, 07, mais uma operação ‘Direção Segura’. A ação foi integrada com a Guarda Municipal, Polícia Civil, Polícia Científica e DETRAN.

O objetivo foi coibir a direção de veículos automotores por pessoas sob efeito de álcool. Também teve o propósito de combater a criminalidade, tirando de circulação veículos e pessoas que pudessem oferecer algum risco para a sociedade.

O que chamou a atenção foi o número de condutores que se recusaram a realizar o teste do etilômetro durante a operação. Foram 7 motoristas que negaram o procedimento e foram encaminhados para o Plantão da Polícia Civil, onde ficam sujeitos às sanções penais, administrativas e exames clínicos.

A multa por infração da Lei Seca, que penaliza embriaguez ao volante e recusa à realização de teste de alcoolemia, é de classificação gravíssima, e, além disso, é submetida a agravante, que multiplica o seu valor por 10. Assim, o custo da multa da Lei Seca é de R$ 2934,70. Além da multa, o condutor ainda recebe uma suspensão do direito de dirigir, que o impede de conduzir qualquer veículo pelo período de um ano.

Os resultados dessas ações foram:

– 42 pessoas abordadas;

– 05 carros vistoriados;

– 08 motocicletas vistoriadas;

– 25 condutores fiscalizados

– 07 recusas de teste de bafômetro

– 01 veículo recolhido

*Fotos enviadas pela Polícia Militar