Motorista de carreta é preso com droga na meia e documento adulterado dentro da cueca na Castelo

O TOR da Polícia Rodoviária prendeu na noite desta terça-feira, dia 07, um homem com documentos adulterados na Rodovia Castelo Branco, altura do município de Itatinga. Durante fiscalização pela praça de pedágio, a equipe do Tático Ostensivo Rodoviário-TOR abordou uma carreta e após solicitar a documentação, o condutor morador de Cerquilho, apresentou os CRLVs e a CNH.

Ao verificar a CNH, após retirada da “carteira plástica” normalmente utilizada, a Equipe TOR notou se tratar de uma cópia colorida, resolvendo consultar os dados do condutor para confirmar a situação do abordado como condutor. Após a consulta, ficou constatado que a validade do exame médico não condizia com a constante do documento apresentado, além do condutor estar cumprindo suspensão administrativa no período de 28/02/2018 a 27/08/2018.

Durante busca pessoal minuciosa, foi localizado dentro da cueca do abordado a CNH original (adulterada no campo validade) e mais uma cópia colorida da CNH (igual ao documento já apresentado). Dentro da meia do cidadão foi localizado o eppendorf (“pino”) de cocaína.

A ocorrência foi encaminhada ao plantão de Polícia Civil de Botucatu, onde foi elaborado o flagrante por uso de documento falso e pelo porte de droga. O preso permaneceu na carceragem do DP, aguardando transferência e audiência de custódia.

O veículo encontrava-se carregado de açúcar e foi liberado para um condutor devidamente habilitado, indicado pelo preso. Em âmbito administrativo, a Equipe TOR elaborou auto de infração pelo cometimento da infração em conduzir veículo com a CNH Suspensa.