Leitores relatam tentativa de golpe do 0800 do cartão em Botucatu

 

Foto Divulgação Internet

Nas últimas semanas a Polícia Civil tem registrado eletronicamente vários casos de golpes ou tentativas de golpe do cartão do crédito. Em tempos de coronavírus, os criminosos estão intensificando as ações.

Recentemente leitores do Acontece Botucatu relataram ligações de estelionatários na tentativa do golpe do ‘0800’ do próprio cartão. Essa modalidade já fez diversas vítimas.

Uma leitora contou como foi a abordagem, relatando a insistência dos criminosos em uma suposta compra na internet feita por fraudadores. Neste caso, o aplicativo salvou a cliente bancária.

“Recebi uma ligação de homem se dizendo representante do meu banco. Ele tentou me alertar sobre supostas compras com meu cartão na internet, compras suspeitas e que por isso estavam me alertando. Daí ele disse para eu ligar no número telefônico que tem atrás do cartão para falar diretamente com o setor responsável. Como estava ocupada, fiquei de ligar depois. Só que estranhamente esse suposto representante ligou novamente, insistindo que eu tinha que ligar no 0800 para resolver esse problema, que era para minha segurança”, disse a leitora.

“Ocorre que antes de ligar, fui olhar no meu aplicativo e não tinha indicação de nenhuma compra, foi quando percebi que se tratava de um golpe”, completou a vítima, que abriu um boletim eletrônico na Polícia Civil.

O fato das quadrilhas pedirem para ligar no telefone 0800 que está impresso no próprio cartão, pode induzir as vítimas aos erros mais comuns. Ocorre que as quadrilhas usam um sistema em que ligação do cliente cai em outra linha, onde um criminoso irá dialogar.

Envolvida na conversa do suposto representante do banco, a vítima passa seus dados e suas senhas. Em entrevista à Rádio Criativa FM, o Delegado Marcelo Lanhoso, da Central de Polícia Judiciária disse que em hipótese alguma o cliente deve passar esses dados confidenciais por telefone.

“A pessoa acaba divulgando a senha, esse é o problema, pois a pessoa no desespero não para e pensa o que está acontecendo. E você tem que ficar atento. Pegar extrato pelo menos semanalmente, verificar se tudo está de acordo, não atender nada por telefone. Não acredite em nada e na dúvida fale com seu gerente. Se o seu cartão for clonado, o banco vai te ressarcir. Jamais entregue a senha por telefone, jamais”, disse o Delegado em parte da entrevista.