Laudo necroscópico não aponta lesões por espancamento em moradora de rua morta na última semana em Botucatu  

Polícia
Laudo necroscópico não aponta lesões por espancamento em moradora de rua morta na última semana em Botucatu   03 fevereiro 2022
Arquivo Acontece Botucatu

A Polícia Civil de Botucatu informou na última terça-feira, 01, que o laudo necroscópico da moradora de rua Regina Aparecida Juvêncio, de 36 anos, apontou que a causa da sua morte não foi espancamento.

O caso foi registrado na última semana por familiares e, de acordo com declaração em boletim de ocorrência, citando atendimento médico no PS do HCFMB, a mulher teria sido vítima de agressões, sendo socorrida, mas não resistindo aos ferimentos.

Após o registro da ocorrência, a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) passou a investigar o caso, colhendo provas e ouvindo testemunhas. De acordo com a Polícia Civil, o laudo necroscópico não encontrou ferimentos no corpo.

O resultado apontou hipotermia, citando também embolia pulmonar e paradas cardiorrespiratória e circulatória. Com essa informação, fica praticamente descartada a possibilidade de homicídio por espancamento, conforme descrevia relatório policial feito por familiares da central de polícia judiciária.

Apesar desse laudo, a Polícia Civil deve continuar as investigações do caso, inclusive para entender como a informação de espancamento chegou até a família.

Relembre o caso

Mulher morre com suspeita de espancamento em Botucatu, diz boletim de ocorrência

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento