Homem tenta abrir conta bancária com documento falso, mas é preso pela Polícia Militar em Botucatu

A Polícia Militar registrou nesta quarta-feira, dia 28, um caso de estelionato em Botucatu. Policiais foram acionados em uma agência do Santander na Vila dos Lavradores para averiguar uma situação de um indivíduo que estaria tentando abrir uma conta com o uso de supostos documentos falsos.

Lá chegando, o gerente da agência indicou o sujeito de quem suspeitavam, informando que o mesmo teria tentado abrir contas bancarias em outras agências da mesma instituição com documentos falsos. O indivíduo foi convidado a acompanhar a equipe até um local mais reservado, onde foi questionado sobre sua qualificação.

Ele informou um nome em um primeiro momento, depois confessou ter tentado aplicar fraude em outras agencias. O mesmo admitiu que estava usando documento falso que teria comprado em São Paulo por R$ 150,00.

Em poder da atendente estava uma cédula de identidade contendo a fotografia do autor, além de copias da cédula de identidade falsificada, comprovantes de residência e declaração de imposto de renda ano-calendário 2020 em nome de outra pessoa.

O autor revelou morar em Sorocaba e que pretendia abrir uma conta para conseguir um cartão de crédito. Em busca pessoal. Ele recebeu voz de prisão, sendo conduzido para primeira central de Polícia Civil, onde o Delegado Nelson Burin Neto tomou ciência do fato, confeccionando auto de prisão em flagrante delito.