Homem é preso pela GCM após queixa de roubo e agressão no centro de Botucatu

A Guarda Municipal registrou nesta quarta-feira, 13, um caso de roubo na área central de Botucatu. Após ligação no 199, uma viatura foi até um estabelecimento comercial na Rua Amando de Barros.

Os GCMs Prado e Montanheiro foram até o local e foram informados pela funcionária que um homem entrou na loja, foi em direção a dois celulares que estavam no balcão e ao perceber que o elemento iria subtrair os aparelhos, tentou impedir e foi agredida fisicamente pelo suspeito com dois socos na cabeça.

Com a agressão, a vítima caiu. O elemento também derrubou o computador no chão que estava sobre o balcão e jogou várias mercadorias contra a vítima.

Ele também fez ameaças de morte e de que incendiaria a loja e depois fugiu sentido ignorado. Foi verificado através das imagens de monitoramento a ação criminosa.

Com as características do suspeito, com o apoio das viaturas da GCM, os agentes conseguiram em uma ação muito rápida prender o elemento próximo do local.

Feita a abordagem e em busca pessoal, foram localizados os dois aparelhos celulares. Diante dos fatos, o criminoso foi conduzido até o Primeiro Distrito Policial, onde a autoridade, o Delegado Marcos Sagin, tomou ciência dos fatos.

Foi elaborado boletim de ocorrência de Roubo. A vítima reconheceu o elemento, de 54 anos, como sendo ex-funcionário do estabelecimento. O mesmo permaneceu à disposição da justiça.