Homem preso em São Paulo teve participação direta nos ataques em Botucatu, diz a Polícia

Homem foi encontrado na zona leste de São Paulo

Foto TV Tem/Reprodução

O homem preso nesta terça-feira, 05, na zona leste de São Paulo pela Polícia Civil teve participação direta nos atos criminosos de Botucatu na última quinta-feira, dia 30. A informação foi confirmada nesta quarta-feira, dia 05, pelo Delegado Seccional de Polícia, Dr. Lourenço Talamonte Neto.

A ação de ontem foi em conjunto com a Polícia Civil de Botucatu, após trabalho de investigação. A ação criminosa gerou pânico no município após explosões e intenso confronto com policiais na madrugada da quinta-feira, 30.

Um suspeito foi morto no dia do crime e dois policiais ficaram feridos. Destacamentos especiais da Polícia como a ROTA, COE, BAEP, Cavalaria, GATE e Deic estiveram em Botucatu.

O Deic informou que a prisão desta terça-feira ocorreu em Sapopemba, zona leste da capital paulista. Com o suspeito foram apreendidos R$ 21,1 mil e quatro cédulas que os policiais dizem apresentar sinais de chamuscamento, ou seja, aparentemente queimadas. Isso seria um indício de que o dinheiro foi obtido por meio da explosão da agência em Botucatu.

No aparelho celular do suspeito, os policiais disseram que foi encontrado um mapa do deslocamento até a cidade situada a 230 quilômetros da capital. A prisão foi realizada por policiais da 5ª Delegacia Patrimônio (Investigações sobre Roubo a Bancos).

Veja também no Acontece Botucatu

Assaltantes levaram R$ 2 milhões de agência bancária em Botucatu, diz polícia