Homem é preso por maltratar cachorro e causar danos em viatura da GCM no centro de Botucatu

A Guarda Municipal registrou na tarde desta segunda-feira, 22, um caso de maus-tratos contra animal no centro de Botucatu. A equipe GPA (Grupo de Proteção Ambiental) estava na Praça do Bosque com os agentes Inspetor Carlos e GCM Lucchesi.

Os agentes escutaram no local latidos de um cachorro e foram informados por populares que o cão estava sendo maltratado por um homem com chutes e socos. Ao chegarem no local, verificaram que o cachorro estava muito assustado, mas sem sinais aparentes de ferimentos.

Diz boletim da GCM, que os agentes verificaram que o indivíduo estava visivelmente embriagado. Ao ser indagado, relatou que era morador de rua e confessou que agrediu o animal.

Foi acionado o canil, que fez a recolha do animal. Na tarde de domingo, 21, o mesmo homem foi visto na Praça junto com o cachorro, também aparentando estar alcoolizado.

Ao perceber que o cachorro tinha sido recolhido o homem ficou agressivo, segundo a GCM, sendo necessário o uso de força moderada para contê-lo. Ao se aproximar da viatura, começou a chutar o veículo, causando danos na lanterna e no compartimento.

O indivíduo, de 32 anos, foi conduzido até o Plantão Polícia, onde Delegada Simone Alves Firmino tomou ciência dos fatos, elaborando boletim de ocorrência de Maus-Tratos contra animais, Resistência e Dano ao Patrimônio Público. O mesmo foi recolhido à cadeia pública de Itatinga.