Homem é preso por embriaguez ao volante após fugir da polícia por várias vias de Botucatu

A Polícia Militar registrou na madrugada deste sábado, dia 22, um caso de embriaguez ao volante/direção perigosa na área central de Botucatu. Diz boletim de ocorrência que uma equipe estava em deslocamento, quando se deparou no cruzamento da Rua Visconde do Rio Branco com a Rua João Passos, um veículo Fiat Uno ultrapassando o sinal vermelho, quase batendo com a viatura Policial.

Na tentativa de abordagem, os policiais relataram que o condutor tentou empreender fuga por diversas vias da cidade, entre elas Rua João Passos, Rua Curuzu, Av Petrarca Bachhi, Rua Tiradentes, Floriano Peixoto, Avenida Santana, ruas da Cohab 1, Cohab 3 e finalmente sendo abordado na Rua Cassemiro Gomes Filho 700. A viatura a todo momento emita sinais sonoros e luminosos, com as demais viaturas tentando efetuar o cerco Policial.

A PM diz que o condutor ignorou por toda a vias os sinais de sinal de Pare, os faróis vermelhos e principalmente a ordem da equipe policial. Durante a abordagem foi realizado busca pessoal, onde nada de ilícito foi encontrado, mas no veículo estavam algumas latas de cervejas vazias, diz B.O.

Em entrevista pessoal, o condutor informou que ingeriu bebidas alcoólicas e também uso de entorpecentes, não parando por esses motivos, além de não ser habilitado, relata boletim de ocorrência.

Foi oferecido o teste do Etilometro, sendo aceito e o resultado foi de 0.72mg/L. Por apresentar algumas lesões, foi conduzido ao PS Municipal, onde o médico de plantão constatou algumas lesões em decorrência da batida do veículo.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão e o mesmo conduzido ao Plantão Policial, onde o Delegado de Plantão, Dr. José Sergio Palmieri Júnior, tomou ciência dos fatos e elaborou BOPC 551/2021 de embriaguez ao volante.

Foi arbitrada fiança de R$ 1.000,00, sendo que até o momento da liberação da equipe não havia sido pago e o condutor permaneceu à disposição da justiça. Foram confeccionadas algumas autuações pertinentes às infrações cometidas e o veículo foi recolhido administrativamente.