Guarda Municipal intensifica trabalho preventivo em escolas de Botucatu

A Guarda Civil Municipal fechou o balanço de ações realizadas nos meses de abril e maio em Botucatu. Entre as principais atividades, está o fortalecimento do monitoramento e fiscalização de entradas e saídas de alunos nas escolas da Cidade. A medida tem como objetivo proporcionar maior segurança as crianças e adolescentes, orientar o trânsito nos pontos de maior congestionamento e inibir atividades ilícitas, principalmente ligadas ao consumo e tráfico de entorpecentes.

Nos dois meses foram realizadas 1.258 ações de estacionamento e ronda escolar.

“Precisamos estar sempre atentos na proteção dos nossos jovens e por isso estamos fortalecendo os trabalhos nos arredores das escolas para coibir qualquer tipo de atividade ilícita. Temos o apoio dos pais e da comunidade e isso, com certeza, faz a diferença”, afirma o Comandante da GCM, Leandro Destro.

Prisões

A Guarda também tem atuado fortemente no atendimento imediato a delitos e na captura de pessoas com mandado de prisão. Em abril foram 24 prisões e em maio o número pulou para 36.

“Temos um trabalho muito legal junto as Forças de Segurança do Município, que nos dá a possibilidade de agir unicamente em prol da proteção do nosso povo. Foram 5.530 ações de prevenção realizadas pela GCM, o que nos ajudou e muito neste sentido”, finaliza Marcelo Emílio de Oliveira, Secretário Municipal de Segurança Pública.

Operação migrante

Com a chegada do frio, outra ação da Guarda teve destaque foi a Operação Migrante, patrulhamento em locais que moradores de rua costumam pernoitar em Botucatu. A GCM realizou 45 abordagens no mês de abril e 79 no último mês de maio, encaminhando os migrantes para o Espaço Acolhedor, onde receberam os devidos cuidados.