Guarda Municipal atende caso de agressão de filha contra pai no Caimã

 

Na manhã deste domingo, dia 27, os guardas civis municipais Ronaldo e Castilho, atenderam a um caso de lesão corporal no bairro Caimã.

De acordo com a vítima, que tem 83 anos, sua “filha afetiva”, de 20 anos, o agride e o ameaça constantemente para que ele lhe de dinheiro, com o intuito de consumir droga.

De acordo com boletim de ocorrência, a autora confessou que faz uso de crack. O fato e as partes foram conduzidos ao Plantão Policial, onde foram atendidas e orientadas.