Grupo é preso na Castelo Branco pelo TOR após roubar caminhão e abandonar motorista

A Polícia Rodoviária registrou nesta terça-feira, dia 25, um caso de roubo/associação criminosa na Rodovia Castelo Branco. Durante fiscalização em combate a ilícitos penais, pelo km 158,400, a equipe do tático ostensivo Rodoviário-TOR abordou um veículo com placas de Tambau/SP, tendo em seu interior quatro ocupantes.

Durante busca minuciosa no interior do veículo, os policiais militares rodoviários localizaram um revolver da marca TAURUS, calibre 32, carregado com 05 (cinco) munições íntegras, além de uma sacola que estava no assoalho do banco dianteiro, 01 CRLV de um semirreboque com placas de Duartina, cartões bancários e documentos pessoais em nome do proprietário do semirreboque.

Com esse CRLV localizado, a Equipe do TOR efetuou consultas que resultaram em ocorrência de “veículo e pessoa desaparecida”. Como os abordados informaram que retornavam do município de Marília, foi feito contato com outros policiais daquela região e houve retorno dando conta que o veículo com a placa passada (cavalo trator e semireboque) foi recuperado em Arapongas/PR na data de ontem e um homem foi preso por Roubo qualificado, sequestro e cárcere privado, receptação e associação criminosa.

Os quatros envolvidos foram indagados novamente e confessaram aos policiais militares que efetuaram dois roubos a caminhões em Marília e mantiveram duas vítimas em cárcere privado em uma propriedade rural próximo a Marília e, nesse local, obrigaram os dois caminhoneiros consumirem bebidas alcoólicas a noite toda, sob ameaça de morte com a arma de fogo localizada no carro.

Depois, na madrugada, os abandonaram em uma estrada próximo a àquele município, amarrados com as mãos para trás e estavam retornando para São Paulo, onde residem. Os policiais deram voz de prisão em flagrante delito aos quatro homens pelo cometimento dos crimes de Roubo qualificado (pelo uso de arma de fogo, por restringir a liberdade da vítima e por encaminhar os veículos para outros Estados ou país) e Associação Criminosa.

A ocorrência foi apresentada na delegacia da Policia Civil de Itatinga onde o Delegado ratificou a voz de prisão em flagrante, apreendeu a arma, munições, o carro utilizado pelos marginais, pertences das vítimas, dinheiro, aparelhos celulares e encaminhou os presos a carceragem local.

Durante a apresentação da ocorrência, a Equipe do TOR obteve a informação de que duas vítimas de roubo de caminhões estavam sob cuidados médicos pelo município de Marília e que os registros das ocorrências dos roubos estavam sendo feitos pela Delegacia Seccional daquele município.